1 de agosto de 2017

My Boo (meu namorado)

MY BOO
Encontro-me nessa floresta.
Não sei explicar como vim parar aqui, a última lembrança que tenho foi aquele beijo em que me tirou toda a minha respiração, e como um entardecer em meio tempestade e trovoadas tudo se tornou escuro e pude sentir espinhos encravando em minha pele vagarosamente.
Pergunto-me mais uma vez, mas minha mente se recusa a me dá uma resposta nítida...tento mais uma vez, estou cada vez mais confusa.
Ouço ruídos...de onde vem essa música?
-Por favor, pare! Não quero mais ouvir essa melodia! Ouço meu próprio eco, ninguém me responde e mais uma vez me encontro desesperada em meio a soluços.
Era a nossa música my Boo...
E de repente começo a lembrar...lembro de você. Lembro aos poucos da nossa história...
Lembro-me dos seus olhos, ...eram eles que davam luz aos meus, mesmo nos dias mais sombrios. Mas você se foi e quando voltou você já não era você. Você foi ficando indiferente em meio a cada dia, até que ficou irreconhecível. Em que Ogro você se tornou my boo?
Você me tornou uma princesa, era meu par em bailes. Meu único par My Boo..., mas você se foi e me deixou aqui te esperando nesse silêncio perturbador.
Esse silêncio roubou de mim todas as minhas lembranças. Todas as nossas lembranças. E nossos sonhos? Não, não são mais nossos. São seus, você também os levou.
Não me peça para ser seu par essa noite My Boo, eu me tornei inalcançável, inalcançável como uma daquelas estrelas que ficávamos olhando embaixo a árvores em noites em que desejávamos apenas a companhia um do outro, onde isso já era o suficiente.
Me perdoa My Boo por ir e não me despedir. Eu não tive a oportunidade. Não me culpe.
Só tinha você My Boo e você não estava lá para segurar a minha mão quando senti aquelas dores, mas foi o seu nome que eu gritei em meio a meu desespero.
-My Boo! My Boo! Me ajuda My Boo!
...e minhas lágrimas secaram e junto com ela meu corpo desfaleceu e você perdeu a oportunidade de se despedir e eu a de te falar o quanto você era importante para mim.
Você era um Ogro mas era quem me completava.
Guarde com você nossa música e nossas lembranças.
                                             
                                                       Da sua Princesa,


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.